terça-feira, 23 de dezembro de 2014

FELIZ NATAL...FELIZ ANO-NOVO

A melhor mensagem é aquela que sai em silêncio de nossos
corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos
 acompanham em nossa caminhada pela vida.

 Obrigado a todos e que Deus os abençoe...

 

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Reis ressalta exemplo de cidadania e talentos do VerdeFestival

Em sua 7ª edição, evento revela talentos e a importância do trabalho
 com crianças, jovens e comunidade da Vila Sahy


Um verdadeiro encontro de amigos, vizinhos, de parceiros de um projeto que realmente revela talentos nas mais variadas áreas trabalhadas pelo Instituto Verdescola, presidido por Maria Antonia Cívita, na Vila Sahy, Barra do Sahy, Costa Sul de São Sebastião, que atende a comunidade do bairro e regiões próximas. No primeiro ano de atividade na nova sede, o encerramentos do ciclo de trabalhos de 2014 foi comemorado com a 7ª edição do VerdeFestival em encontro que surpreendeu pela criatividade, dedicação e resultados junto às crianças e adolescentes que participam dos projetos desenvolvidos pelo instituto. Incentivador do trabalho, o vereador de São Sebastião, José Reis de Jesus Silva (PSB), participou da festa na última quarta-feira, 10, na sede do Verdescola, em Vila Sahy, transformada em palco de alegria, cultura com apresentações voltadas à conscientização ambiental, ao valor da educação, do aprimoramento e, principalmente, pelo exemplo de cidadania


 

Para Reis, é “essencial a iniciativa de Maria Antonia com o projeto em resgatar a cidadania dessas crianças desde a parte cultural, educacional e esportiva para formar verdadeiros cidadãos. Hoje, temos o exemplo desse projeto que está transformando o futuro de jovens e adolescentes da Vila Sahy e região. Isso é muito importante para a sociedade e os pais, pois com a formação e capacitação eles poderão ingressar no mercado de trabalho com novo ar, conhecimento e possibilidades de um futuro melhor. É o Verdescola transformando a vida da comunidade”, afirmou o vereador que assistiu as apresentações e aproveitou para rever amigos, uma vez que acompanha o trabalho desde o início quando ainda o instituto atendia cerca de 350 pessoas em espaço reduzido.
Os avanços e os resultados dos projetos são significativos, explicou Reis que fez questão de parabenizar a todos, desde os responsáveis pelo instituto, direção, empresas parceiras, Prefeitura de São Sebastião, funcionários, professores, voluntários e, acima de tudo, a comunidade pela participação atuante e as crianças e jovens que “estão aproveitando a oportunidade de aprender, se aperfeiçoar para ter condições de viver um futuro melhor e sonhar como a gente pode ver no sorriso de cada um deles”, disse Reis.


Projetos

Com a proposta de educar e formar pessoas visando seu desenvolvimento e aprimoramento profissional e pessoal, o Instituto Verdescola atua no reforço escolar, arte e cultura, meio ambiente, esporte, capacitação e geração de renda tendo como pilares questões como cidadania e valores, desenvolvimento comunitário, sustentabilidade e protagonismo. Entre os projetos realizados estão aulas de Capoeira & Maculelê, Expo Lego, Mostra de Comunicação - com experimentações em jornal, blog, fotografia, artes gráficas e rádio - teatro, Hip Hop, Coleção de Memória - uma proposta de letramento para buscar prazer da leitura e da escrita -, o projeto Meninos do Verde, que mostra toda a brasilidade nos ritmos regionais utilizando instrumentos feitos de materiais descartados na praia, além da orquestra com incentivo à música clássica e introdução a instrumentos de corda como vilão e violinos.
Há, ainda, oficinas de Balé, Artes Plásticas, Fotografia e o Vozes do Verde, trabalho de música voltado para a defesa do meio ambiente. Também são realizados os projetos: Gerando Futuro, Verdesporte na Areia, Geração de Renda, Projeto Socioeducativo, Cozinha Experimental, Curso de Qualificação Via Rápida e Técnico de Informática. ‘É realmente um trabalho de transformação de vidas e todos estão de parabéns pela dedicação e os resultados já obtidos junto à comunidade da Vila Sahy e de outros bairros atendidos”, frisou Reis


.



Texto e Fotos: Rosangela Falato

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Reis cobra ações no Dia Nacional de Combate à Dengue

O “Perigo Aumentou” é o tema da campanha nacional
 que tem sua mobilização neste sábado

Os municípios de São Sebastião, Caraguatatuba e Ilhabela, no Litoral Norte de São Paulo, estão entre as cidades apontadas pelo Ministério da Saúde com a possibilidade de risco de epidemia de dengue, segundo dados do último Levantamento Rápido do Índice de Infestação pelo Aedes Aegypti (LIRAa) realizado em outubro. De 1.524 municípios pesquisados, 125 estão nessa situação de risco, 552 em alerta e 847 apresentam índice insatisfatório conforme divulgação do Ministério da Saúde que iniciou, em 15 de novembro, a Campanha Nacional de Combate à Dengue e ao Chinkungunya, que tem como slogan “O Perigo Aumentou”.
Preocupado com a situação de São Sebastião e dos demais municípios do Litoral Norte, o vereador José Reis de Jesus Silva (PSB) solicitou, na sessão da Câmara Municipal de São Sebastião, na terça-feira, 2, informações sobre as ações que serão desencadeadas no município neste sábado, 6, considerado o Dia D de Mobilização Nacional contra a Dengue. Em seu requerimento, nº 674/2014, Reis comentou que estão longe do alerta cidades com índice inferior a 1%, que foi o caso de Ubatuba que atingiu 0,5%, enquanto Caraguatatuba atingiu 1%, São Sebastião 1,1% e Ilhabela, 2,3%, numa escala que vai até 3,5%, considerada a mais preocupante pois registrou quase 4 mil casos confirmados este ano, conforme dados do Ministério da Saúde.
Em São Sebastião, houve avanços e uma queda do índice considerada positiva, uma vez que, em janeiro deste ano, o índice foi de 4,3%; caiu para 2,4% em julho e agora atingiu 1,1%, mas a cidade não pode descuidar da prevenção e ações de combate ao mosquito da dengue, explicou o parlamentar. Reis frisou que a pesquisa do Ministério da Saúde tem como objetivo orientar ações de controle da dengue e antecipar os trabalhos de prevenção nos municípios considerados em estado de risco de epidemia.
Como sábado é dia de mobilização nacional e existe a necessidade de orientar e informar a população, apesar de todos os trabalhos já realizados pela Vigilância Epidemiológica, Reis pediu atenção especial do secretário municipal de Saúde, Urandy Rocha Leite. Por isso, pediu informações sobre como o município está se preparando para evitar uma possível epidemia de dengue levando em conta a proximidade da temporada de verão e o conseqüente aumento populacional nesse período.
Além de cobrar ações específicas neste sábado, o vereador também quer saber se é possível uma campanha de orientação constante e também envolver demais setores dos órgãos públicos para ajudar a divulgar as formas corretas de combate à dengue. 

Chikungunya

De acordo com o Ministério da Saúde, até 25 de outubro deste ano foram registrados 824 casos de febre chikungunya no país, sendo 151 confirmados por critério laboratorial e 673 por critério clínico-epidemiológico. Do total, 39 são casos importados de pessoas que viajaram para países com transmissão da doença como República Dominicana, Haiti, Venezuela, Ilhas do Caribe e Guiana Francesa. Os outros 785 foram diagnosticados em pessoas sem registro de viagem internacional.
Desde que os casos foram confirmados no Caribe, no final de 2013, o Ministério da Saúde elaborou plano nacional de contingência da doença com intensificação das atividades de vigilância. A febre é causada por vírus do gênero Alphavirus, transmitida por mosquitos do gênero Aedes, sendo o Aedes Aegypty (transmissor da dengue) e o Aedes Albopictus os principais vetores. Os sintoma são febre alta, dor muscular e nas articulações, cefaléia e exantema e costumam durar de três a 10 dias. A letalidade da febre é rara, segundo a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) sendo menos freqüente que nos casos de dengue. Na região Sudeste, foi identificado apenas um caso na cidade de Matozinhos, em Minas Gerais, segundo o Ministério da Saúde.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Vereador Reis solicita ao Estado dados da ação do Gamesp no Litoral Norte

Parlamentar frisa importância do grupo nas discussões sobre segurança pública

 

A promoção de ações e projetos que possam beneficiar os municípios do Litoral Norte na questão da segurança pública foi o tema principal do trabalho do vereador de São Sebastião, José Reis de Jesus Silva (PSB), apresentado na última sessão da Câmara Municipal, dia 18, principalmente em função do início da temporada de verão que começa em dezembro. Por esse motivo, o parlamentar pediu informações ao secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Fernando Grella Vieira, sobre as ações desenvolvidas nos municípios de São Sebastião, Caraguatatuba, Ubatuba e Ilhabela pelo Gabinete Metropolitano de Gestão Estratégica de Segurança Pública (Gamesp) que atende 39 municípios do Vale do Paraíba e Litoral Norte.
O vereador frisou, no requerimento nº 661/2014, aprovado em plenário, a importância dos Gabinetes Metropolitanos de Gestão Estratégica de Segurança Pública (Gamesp) criados pelo Governo do Estado de São Paulo, que são grupos regionais formados para discutir políticas de segurança visando estimular ações de prevenção e combate ao crime. Os gabinetes são integrados por representantes das polícias Civil, Militar e Federal, guardas municipais, prefeituras, secretarias estaduais, Ministério Público, Poder Judiciário e sociedade civil.
Reis apontou, em sua propositura, que entre as medidas debatidas pelo grupo constam o acesso das prefeituras ao Sistema de Informação Criminal (Infocrim), que é um banco de dados das ocorrências da Polícia Militar, além de planejamento de ações educativas e prevenção como programas e atividades socioculturais, esportivas e de lazer. Porém, um dos temas em debate é de vital importância para inibir o crime, pois trata da instalação de sistemas de videomonitoramento em diversas regiões do Estado. Reis lembrou que esse equipamento é fundamental na região, principalmente em São Sebastião que carece dessa infraestrutrura.

Questionamentos

O Gamesp, que atende a Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, foi criado em maio de 2013. Como o grupo está há um ano e meio em atividade, o vereador questionou o secretário estadual sobre as ações desenvolvidas, nesse período, especificamente nos municípios do Litoral Norte com reflexos na melhoria da segurança pública. Reis também quer saber sobre o processo de discussão para instalação de sistemas de videomonitoramento nas quatro cidades da região.
Em relação às ações e programas socioculturais, esportivos e de lazer, previstos pelo Gamesp, o vereador pede informações se existe cronograma de atividades, em conjunto com os municípios, e qual a possibilidade de divulgar, com antecedência, essas ações. Outra preocupação é a temporada que se aproxima. “Diante do fato de que o Litoral tem sua população triplicada no verão e, em muitas cidades, o aumento da população flutuante, veranistas e turistas é maior ainda, há algum projeto ou estudo do Gamesp que vise atender o Litoral Norte, além do aumento de efetivo policial que acontece somente no verão?”, questionou Reis, que pede mais detalhes das ações do Estado na área de segurança pública no Litoral Norte.


Foto: Celso Moraes/CMSS
texto: Rosangela Falato

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Dia da Consciência Negra é tema de trabalho do vereador Reis

Parlamentar pede informações sobre programação cultural e trabalhos de conscientização para valorização da cultura africana


 

A importância da valorização, preservação e divulgação da cultura africana, que contribuiu e ainda é eixo fundamental do desenvolvimento cultural, histórico, social e econômico do Brasil, foi ressaltada em trabalho do vereador de São Sebastião, José Reis de Jesus Silva (PSB), na última sessão da Câmara Municipal, na terça-feira, 11.
No requerimento nº 642/2014, aprovado em plenário, ele solicitou informações às secretárias municipais de Educação, Ângela Couto, e de Cultura e Turismo, Marianita Bueno, sobre as programações em alusão ao Dia Nacional de Zumbi dos Palmares e da Consciência Negra comemorado em 20 de novembro, data da morte do líder Zumbi dos Palmares.
Em sua propositura, Reis lembra que a data foi instituída por meio da Lei nº 12.519/ 2011, sendo comemorada, oficialmente, como feriado em 1.047 cidades brasileiras. Em São Paulo, não há uma lei estadual determinando feriado, mas a data está no calendário oficial de 101 cidades por leis municipais, incluindo São Paulo. Mas, apesar de a data ter sido instituída em 2011, desde 9 de janeiro de 2003, pela Lei nº 10.639, existe a obrigatoriedade de incluir no currículo escolar o tema: “História e Cultura Afro-Brasileira”.
Em 2013, uma década após essa legislação em vigor, a sua aplicabilidade voltou a ser discutida, pois não tem sido cumprida de forma adequada. Reis frisou, em seu trabalho, “a importância da presença e participação da cultura africana no cenário histórico, cultural, educacional e no próprio desenvolvimento e organização da sociedade brasileira, com fortes influências nas cidades do Litoral Norte.


 

Missa africana já chegou a ser realizada, em anos anteriores, 
na Igreja Matriz de São Sebastião


Incentivo

O vereador defendeu o incentivo à uma política educacional e de divulgação nas escolas, nos bairros, nos projetos sociais sobre a riqueza da diversidade cultural brasileira. Para Reis, não só o Dia Nacional da Consciência Negra, mas a questão indígena, quilombola, entre outras, deveriam ser lembradas todos os dias pela força histórica e cultural em manter suas tradições. Ele citou, por exemplo, a rica cultura indígena representada pela etnia tupi-guarani na Reserva do Ribeirão Silveira, localizada em Boracéia, divisa entre São Sebastião e Bertioga, e lembrou a importância da história da Fazenda Santana, em São Sebastião, com resquícios da cultura africana.
Além disso, o vereador citou manifestações como o jongo, maculelê, maracatu, samba de roda e outras expressões culturais mantidas vivas por grupos afro-descendentes e instituições espalhadas pela região que mostram a força dessa cultura. Outro aspecto do dia a dia na vida de muitas crianças e jovens é a arte da capoeira que, por meio do trabalho de vários mestres, tem contribuído para tirar jovens das ruas e ajudar na sua formação como cidadão.
“Essa data não pode passar em branco porque temos uma história linda”,disse Reis. Por essa razão, pediu informações sobre quais ações estão sendo desenvolvidas pela Seduc e Sectur para celebrar o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra e se existem trabalhos de conscientização e divulgação das tradições culturais e manifestações africanas nas escolas e também nos eventos da Secretaria de Cultura e Turismo como forma de estimular a divulgação da cultura afro-brasileira. Caso positivo, o vereador solicitou informações dessas ações e, se possível, que seja comunicada, com antecedência, a programação alusiva ao Dia da Consciência Negra.




Fotos: Capoeira de Angola apresentada no projeto Instituto Verdescola, em Barra do Sahy, Grupo Descendentes da Capoeiragem Baiana, do mestre Toninho, em Cambury, e manifestações da cultura africana em apresentação no Teatro Municipal de São Sebastião

Crédito: Rosangela Falato

Reis pede estudos para criação de tarifa esportiva em São Sebastião

Em São Paulo, algumas redes chegam a oferecer descontos de até 44% para hóspede que apresente comprovante de competição

 

Estudos do Ministério do Turismo apontam que o desenvolvimento do turismo de esportes traz oportunidades como o estímulo a outros segmentos e produtos turísticos, comercialização de produtos e serviços agregados e a diminuição dos efeitos da sazonalidade em algumas cidades turísticas. O fato de o Litoral Norte sediar vários eventos esportivos, em âmbitos regional, estadual, nacional e até internacional, mostra o potencial para o turismo de esportes que pode ser melhor aproveitado, principalmente pelo fato de muitas dessas atividades acontecerem na baixa temporada, época em que o comércio, de maneira geral, sente os efeitos dessa sazonalidade. Por esses motivos, o vereador de São Sebastião, José Reis de Jesus Silva (PSB), sugeriu, em recente sessão da Câmara Municipal, no requerimento nº 612/2014, a criação da “tarifa esportiva” que fomentaria o turismo e incentivaria a participação de mais atletas a eventos, a exemplo do que acontece em outros estados.
Formado em Educação Física, Reis já atuou na chefia da Divisão de Esportes do Município, quando teve a oportunidade de realizar e receber vários eventos que se consolidaram como Maratona de Revezamento Bertioga-Maresias, a promoção da prova de natação Fuga das Ilhas, além de competições de canoagem e surfe, especialmente em Maresias, “ point” de provas internacionais. A região e, especificamente, São Sebastião, oferecem inúmeras opções e, por isso, poderia ser criado, a exemplo de pacotes turísticos convencionais, programa com tarifário especial para competições esportivas na baixa temporada, incluindo preços mais convidativos para atletas e familiares, explicou o vereador.
Em seu trabalho, Reis justificou que esse é um mercado que começa a ser explorado principalmente em função da popularização das corridas de ruas. Somente este ano, segundo matéria divulgada em 22 de outubro, no Portal Brasil, uma organizadora desse tipo de evento contabilizou mais de 100 mil corredores inscritos em 23 disputas realizadas pela empresa nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e Florianópolis com cerca de 12 mil pessoas em cada competição.
A matéria aponta que, em uma das maiores redes da América Latina, a “tarifa esportiva” é aplicada nos hotéis de todo o país, exceto no Rio de Janeiro, nos finais de semana. A simulação de hospedagem no site da rede mostrou que a diária para duas pessoas em um hotel na Zona Norte de São Paulo chega a cair de R$ 409,00 para R$ 179,00, ou seja, uma economia de 44%, valor incluindo café da manhã ideal para a dieta de atletas.
De acordo com Reis, essa idéia poderia ser expandida na região em função da variedade de esportes que podem ser praticados e dos eventos promovidos principalmente na baixa temporada. Por esse motivo, sugeriu à secretária municipal de Cultura e Turismo, Marianita Bueno, ao secretário de Esportes, Fábio Lopez, e ao presidente da Associação Comercial e Empresarial de São Sebastião, Eduardo Cimino, a possibilidade de aproveitar esse mercado do turismo esportivo criando uma tarifa diferenciada.
Reis acredita que poderia utilizado o próprio calendário anual de eventos da Secretaria Municipal de Esportes para se trabalhar, em conjunto com a Sectur e ACE, envolvendo as redes hoteleira e gastronômica. A ideia seria criar pacotes específicos para os eventos esportivos, com preços mais acessíveis para os programas que constem do calendário esportivo fomentando o turismo e o comércio local.


Foto: Celso Moraes/CMSS
Texto: Rosangela Falato

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Reis pede explicações sobre placas de trânsito na Rua Santo Antonio

 


Vereador também pede serviços de limpeza e manutenção 
para região central e bairros da Costa Sul

A instalação de placas de trânsito proibindo estacionamento na Rua Santo Antônio, no bairro São Francisco, região central de São Sebastião, questionada por moradores da região, motivou o vereador José Reis de Jesus Silva (PSB) a solicitar informações, ao Executivo, sobre os motivos da colocação de placas nessa rua sem referência de autoria das placas.
O vereador foi procurado por moradores reclamando da medida, uma vez que a Rua Santo Antônio também conta com escola no local e já tem bastante movimento e o fluxo do trânsito pode ser prejudicado por essas placas. De acordo com relato de moradores, eles se surpreenderam, na última semana, com as placas na rua e alguns encontraram sinalização até em frente às suas casas inviabilizando o acesso.
Para atender os moradores, o vereador questionou, no requerimento nº 626/2014, se a administração tem conhecimento da origem dessas placas de trânsito e os motivos da sinalização.Caso positivo, pediu para informar se haverá alteração oficial na Rua santo Antônio em termos de sinalização. Caso negativo, Reis pediu para a Prefeitura verificar o que está ocorrendo no local e fiscalizar a medida que tem causado reclamações dos moradores.

Manutenção

Em indicações apresentadas na última sessão do Legislativo, Reis solicitou serviços de retirada de poda e manutenção nas praças e ruas do bairro Porto Grande, região central da cidade. Já, na Costa Sul, o vereador destacou a necessidade de manutenção geral, colocação de material e passagem de motoniveladora nas ruas do Sertão do Piavú, e os mesmos serviços de manutenção geral no Areião, ambos em Cambury.
Já, na sessão anterior, o vereador solicitou limpeza e manutenção na Estrada do Cascalho e vias públicas próximas à região, em Boiçucanga, também, na Costa Sul de São Sebastião.
Em mais duas indicações, Reis reivindicou retirada de lixo na Avenida Guarda Mor Lobo Viana, perto da Escola Técnica de Saúde (ETS) e nas ruas centrais da cidade, e ainda limpeza e manutenção das ruas e praças no bairro São Francisco, região central do município.

Foto: Celso Moraes/CMSS

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Prevenção ao Câncer de Mama preocupa vereador Reis

Parlamentar quer saber se município pode ser beneficiado com o
 Programa Mulheres de Peito, do Governo do Estado de São Paulo


O Câncer de Mama é a doença que mais acomete mulheres em todo o mundo e também é a primeira causa de morte por câncer em mulheres no Brasil e no Estado de São Paulo onde a taxa de mortalidade aumentou nos últimos 10 anos, apesar de ser o estado brasileiro que possui a melhor cobertura para rastreamento da doença no país de acordo com dados da Secretaria Estadual da Saúde. A necessidade de prevenção ao Câncer de Mama foi destacada pelo vereador de São Sebastião, José Reis de Jesus Silva (PSB), no requerimento 577/2014, aprovado em plenário na última sessão da Câmara Municipal.
O trabalho de Reis foi apresentado no mês em que acontece o movimento internacional Outubro Rosa, criado em 2008 com o intuito de sensibilizar as mulheres e a sociedade para a necessidade de medidas preventivas à saúde da mulher, principalmente referente ao Câncer de Mama. Além de solicitar informações sobre a realização da campanha ao longo do município, Reis também pediu esclarecimentos se a cidade pode ser contemplada com o Programa Mulheres de Peito, criado pela Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, para incentivar a realização de exames de mamografia pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em mulheres na faixa etária entre 50 e 69 anos sem a necessidade de apresentação de pedido médico.
Reis quer saber se São Sebastião conta com o programa e, caso positivo, como é feito o trabalho na cidade. Caso não seja possível a adesão ao projeto, o vereador solicita detalhes sobre o atendimento às mulheres nessa faixa etária e ainda como tem sido realizada a prevenção e o diagnóstico precoce no município de maneira geral, o número de casos registrados, bem como é providenciado o tratamento das pacientes.
“Essa é uma das preocupações com a saúde da mulher que venho apresentando em meus trabalhos. Infelizmente, o Câncer de Mama é a doença que mais mata não só no Brasil, mas no mundo. É preciso detectar a doença não só nessa faixa, mas também nas mulheres mais jovens. O município tem de incentivar e dar prioridade aos exames de mamografia”,disse Reis, lembrando que, “infelizmente, há muita dificuldade de as mulheres terem acesso a esse exame e não podemos deixar que essa doença se alastre em nosso município”.

Mulheres de Peito

Considerado pioneiro, o Programa Mulheres de Peito incentiva a realização de exames gratuitos de mamografia visando estimular o diagnóstico precoce e a prevenção do Câncer de Mama em mulheres entre 50 e 69 sem precisar apresentação de pedido médico. Como a necessidade desse exame é a cada dois anos, as mulheres nascidas em anos pares farão o exame em anos pares e o mesmo procedimento para as nascidas nos anos ímpares.
Segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, no primeiro ano do programa o agendamento será feito pela Central de Regulação de Oferta dos Serviços de Saúde (CROSS) até que as Unidades Básicas de Saúde estejam preparadas para inclusão desse procedimento de forma rotineira.
Quem tem entre 50 e 69 anos pode entrar em contato com a CROSS pelo 08007790000 para agendar a mamografia, mesmo sem pedido médico, preferencialmente no seu mês de aniversário. Já, quem está fora dessa faixa etária, segue o encaminhamento e protocolo de rotina devendo passar por consulta e agendar o exame com pedido médico em mãos.
Para realização dos exames, o programa disponibiliza quatro carretas móveis e um caminhão adaptado que percorrem todo o Estado possibilitando atendimento nos locais onde o exame de mamografia não é oferecido. De acordo com informações da Secretaria de Saúde, apesar de oferecer a melhor cobertura para rastreamento de Câncer de Mama no país, o Estado de São Paulo não atingiu a meta preconizada pelo Ministério da Saúde (INCA) de cobertura de, no mínimo, 70% das mulheres entre 50 e 69 anos.
O Estado conta com 433 mamógrafos, entre públicos ou conveniados com o SUS, o que significa 4,4 equipamentos por 240 mil mulheres SUS dependentes, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) preconiza um mamógrafo para 240 mil mulheres. Mesmo acima da média estabelecida em termos de equipamentos, o problema está na sensibilização da mulher para a importância da realização do exame preventivo.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Reis pede informações sobre serviço de atendimento aos grupos da Terceira Idade

Serviço de Atendimento e Fortalecimento de Vínculos beneficiou mais de 12 mil
 grupos de idosos, em todo o Brasil no ano passado





Imagem do grupo da Fraternidade e Assistência Cultural à Terceira Idade, (Faculti), de São Sebastião,durante desfile de 7 de Setembro, este ano, na Rua da Praia



Mais de 418 mil idosos, em todo o Brasil, saem de casa para se encontrar com amigos, ter uma vida social e melhor qualidade de vida. O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, oferecido pela rede de assistência social em praticamente todas as cidades do país, é uma das oportunidades para que eles possam se reunir nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) onde também são oferecidos vários serviços essenciais aos idosos. A importância do trabalho levou o vereador de São Sebastião, José Reis de Jesus Silva (PSB), a solicitar informações da Prefeitura sobre a realização do serviço na rede de assistência social do município.
O tema foi abordado no requerimento nº 573/2014, aprovado na sessão de terça-feira,14, onde Reis explica que, de acordo com dados de 2013, do Censo do Sistema Único de Assistência Social, mais de 12,4 mil grupos da Terceira Idade foram atendidos pelo serviço em todo o país. A pesquisa mostrou, ainda, que 2,8 mil idosos violentados dentro de suas casas e outro 4 mil em situação de negligência passaram pelos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).
Devido à necessidade de atendimento especial ao idoso em São Sebastião, Reis pediu informações ao Executivo se o município conta com o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. Em caso positivo, quais os projetos desenvolvidos e o número de pessoas atendidas em São Sebastião. Caso negativo, ele quer saber qual a possibilidade de oferecer atendimento similar ao longo de todo o município.

Benefícios

Nas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), os grupos da terceira Idade são informados sobre como se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal que possibilita a participação em vários projetos como, por exemplo, Bolsa Família. Segundo dados do Governo Federal, mais de 950 mil idosos são beneficiados com o programa de transferência de renda. Outra garantia é o Benefício de Prestação Continuada (BPC) financiado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), que atende mais de 1,8 milhão de pessoas com mais de 65 anos. Previsto pela Constituição Federal de 1988 e pela Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS), o BPC paga um salário mínimo mensal para as pessoas com deficiência e idosos cuja renda familiar por pessoa seja de até ¼ do salário mínimo.
A relação dos documentos para solicitar o benefício é encontrada no CRAS e a solicitação é feita nos postos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Nas unidades do CRAS, é possível solicitar a Carteira do Idoso, benefício para quem tem mais de 60 anos assegurado pela Lei nº 10.741/2003, que instituiu o Estatuto do Idoso. Com a carteirinha, os idosos que recebem, individualmente, menos de dois salários mínimos podem adquirir passagens interestaduais gratuitas, dependendo da quantidade de vagas, ou ainda ter desconto de, no mínimo, 50% no valor das passagens.


Texto e Foto: Rosangela Falato

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Reis pede inclusão de São Sebastião no Programa Estadual de Qualificação Profissional



Projeto atende pessoas desempregadas na faixa entre 30 e 59 anos
 que não concluíram o Ensino Fundamental


A necessidade de qualificação e requalificação profissional para atender, principalmente, as pessoas que estão desempregadas oferecendo cursos gratuitos para auxiliar na inserção ao mercado de trabalho na região e, especificamente em São Sebastião, é a preocupação do vereador José Reis de Jesus Silva (PSB). Em requerimento aprovado em plenário na sessão de terça-feira, 23, ele solicitou informações ao Executivo sobre a inclusão do município de São Sebastião no Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQ) desenvolvido pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) do Governo do Estado de São Paulo.
No requerimento nº 533/2014, Reis explicou que o PEQ é voltado ao atendimento de pessoas desempregadas, na faixa etária entre 30 e 59 anos, que não concluíram o Ensino Fundamental. O programa oferece cursos presenciais com carga horária de cerca de 230 horas, desenvolvidas cinco vezes por semana, com quatro ou cinco horas por dia, pelo período de dois a três meses. Os cursos abrangem várias áreas como indústria, comércio, construção civil, turismo, administração, atendimento, informática e telemarketing, entre outros.
Em seu trabalho, Reis lembrou que o município de Ubatuba teve aprovada sua inclusão no PEQ e receberá, a partir de outubro, dois cursos nas áreas de Auxiliar de Cozinha e Técnico de Vendas com 60 vagas disponibilizadas para a população conforme divulgado na imprensa regional. Pela importância do projeto na formação profissional de moradores que se incluem na faixa atendida pelo PEQ,
Reis solicitou à Prefeitura a possibilidade de incluir o município no programa estadual. Caso isso não seja possível, o vereador quer saber quais as propostas para atender esse público específico que carece de cursos de qualificação e requalificação profissional. Reis lembrou que são cursos de rápida duração que poderão beneficiar muitas pessoas e dar a oportunidade de serem inseridas no mercado de trabalho. Ele citou a necessidade de levar esse atendimento aos moradores de todo o município, descentralizando as atividades para beneficiar quem mora na Costa Sul e também na Costa Norte.
Recentemente, na sessão de 9 de setembro, o vereador pediu informações também à SERT sobre a possibilidade de o Litoral Norte receber a Caravana do Trabalho Decente. A primeira cidade a ser beneficiada com esse projeto foi Bertioga, sendo que a proposta é realizar palestras, orientações aos profissionais de vários segmentos para melhorar os indicadores de trabalho, emprego e renda. Segundo Reis, é preciso valorizar os trabalhadores da região, a mão de obra local principalmente em um momento em que o Litoral Norte vive a expectativa de vários empreendimentos e de desenvolvimento socioeconômico.


Texto: Rosangela Falato
Foto: Celso Moraes/CMSS

Reis propõe aulas de ginástica aos moradores de Toque Toque Pequeno

O vereador José Reis de Jesus Silva (PSB) solicitou ao Poder Executivo, em trabalho recente apresentado na Câmara Municipal, que interceda junto ao secretário municipal de Esportes, Fábio Figueiredo Lopez, visando a possibilidade de atendimento com aulas de ginástica para atender a população de todas as idades do bairro de Toque Toque Pequeno, na Costa Sul de São Sebastião.
Reis, que também é professor de Educação Física, defendeu os benefícios dos exercícios para o corpo e a mente melhorando a saúde e qualidade de vida das pessoas, uma vez que a atividade física combate a obesidade, melhora da circulação sanguínea, a aceleração do metabolismo e fortalece o sistema imunológico.
Segundo Reis, a prática de atividade física regular contribui para a diminuição dos riscos de doenças cardíacas,pois aumenta a resistência dos ossos, prevenindo osteoporose e melhorando também a coordenação dos movimentos e equilíbrio. De acordo com o vereador, é importante programas nesse sentido para a comunidade, que são, inclusive recomendados pela Organização Mundial da Saúde, pois muitas pessoas não têm condições de arcar com custos de academias de ginástica. Por esse motivo, é necessário o atendimento nessa área acompanhado por profissional especializado.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Reis pede ao Estado Caravana do Trabalho Decente no Litoral Norte

Programa visa melhorar indicadores de trabalho, emprego e renda entre
 outras ações em benefício aos trabalhadores


Lançada em 3 de julho pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) do Estado de São Paulo, a Caravana do Trabalho Decente objetiva melhorar os indicadores de trabalho, emprego e renda, promover qualificação profissional, saúde e segurança do trabalho, além de estabelecer a igualdade de oportunidades e erradicar as formas irregulares de trabalho. Possibilitar que o Litoral Norte possa receber o programa com palestras e orientações a todos os interessados é a proposta do vereador de São Sebastião, José Reis de Jesus Silva (PSB), que fez essa solicitação ao secretário estadual da pasta, Tadeu Morais, no requerimento nº 481/2014, aprovado na sessão da Câmara Municipal realizada na última terça-feira, 9.
Em sua propositura, o vereador lembrou que o conceito de Trabalho Decente foi instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), em 1999, com base na Declaração dos Princípios e Direitos Fundamentais do Trabalho. Para ampliar a divulgação do tema foi criada a Agenda Global de Trabalho Decente estabelecendo compromissos com os países-membros com a finalidade de constituir instrumentos para a efetiva implantação de práticas de Trabalho Decente.
Ainda, segundo Reis, durante a cerimônia de lançamento do programa, que é uma parceria entre a SERT e Faculdade Escola de Sociologia e Política do Estado (FESP-SP), foram definidas formas de atuação em oito regiões administrativas, que serão visitadas até novembro, como Baixada Santista e Vale do Paraíba, além de São José do Rio Preto, Registro, Presidente Prudente, São Paulo, Bauru e Ribeirão Preto. O vereador explicou que os municípios de São Sebastião, Ilhabela, Caraguatatuba e Ubatuba integram a Região Metropolitana do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte e, portanto, merecem ser contemplados com o programa iniciado em 20 de agosto, em Bertioga, com a participação de jovens, profissionais da educação e representantes de comissões municipais e de segmentos sindicais e patronais.
Em função da importância do programa para aperfeiçoamento, informações e qualificação de profissionais, Reis defende que a região do Litoral Norte, mais especificamente São Sebastião, possa receber o projeto atendendo a população dos quatro municípios. Caso seja possível, ele pediu informações do agendamento da visita. Porém, se as cidades do Litoral Norte não estiverem incluídas na agenda do governo estadual, Reis pediu a possibilidade de a Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) rever essa agenda para atender o Litoral Norte que, segundo o vereador, “vive uma realidade diferente do Vale do Paraíba, embora esteja inserido na mesma Região Metropolitana”, explicou o parlamentar.

sábado, 30 de agosto de 2014

Reis defende instalação de recifes artificiais na costa de São Sebastião

Estruturas contribuem para recompor ecossistema marinho e inibem pesca predatória

 

     Preservar a cultura caiçara e a pesca artesanal, além de possibilitar um instrumento de recomposição do ecossistema marinho são os objetivos do vereador de São Sebastião, Jose Reis de Jesus Silva (PSB), que defende a instalação de recifes artificiais na costa do município. A matéria foi tema do trabalho apresentado pelo parlamentar na última sessão do Legislativo, dia 26, por meio do requerimento nº 457/2014, em que solicitou ao secretário municipal de Meio Ambiente, Eduardo Hipólito do Rego, informações sobre a existência de projetos e estudos que visem a instalação dessas estruturas ao longo da costa sebastianense.
     Em sua propositura, Reis explicou que os recifes artificiais são estruturas criadas pelo homem e instaladas no fundo do mar, imitando recifes naturais, com o objetivo de servir de abrigo aos peixes e protegê-los da atividade predatória das redes de arrasto, além de favorecer o desenvolvimento do turismo subaquático e da pesca artesanal. Segundo o vereador, “emprego dos recifes artificiais como instrumento de manejo dos recursos pesqueiros tem sido uma alternativa em vários países como no Japão, onde é praticado há mais de 200 anos”.
     De acordo com Reis, no Brasil são desenvolvidos projetos há mais de 10 anos como nos estados do Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo e Paraná onde, neste estado, já foram instalados, em caráter experimental, entre 1997 e 2003, mais de 1.500 módulos, com resultados socioeconômicos e ambientais satisfatórios. Em São Paulo, por exemplo, entre 1998 e 2002, o Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (USP) foi responsável pelo assentamento de 200 recifes na Costa de Ubatuba e Bertioga, como na praia de Itaguaré

  
    

     Essas estruturas, lembra o vereador, são “classificadas como ferramenta versátil para o incremento e gestão dos recursos pesqueiros e na conservação da biodiversidade marinha”. Devido à sua importância para proteção do ecossistema marinho, por inibir a pesca predatória e colaborar com a valorização e preservação da pesca artesanal, é que o vereador defendeu a instalação do projeto na cidade que também pode contribuir para o desenvolvimento do turismo subaquático. 
    No requerimento, ele questionou o secretário de Meio Ambiente se o município já participou de projetos experimentais com a instalação dessas estruturas que contribuem para abrigo de peixes auxiliando na gestão dos recursos pesqueiros e na conservação da biodiversidade marinha e, caso positivo, informar dados da experiência e seus resultados a exemplo de cidades como Bertioga e Ubatuba que já contaram com o projeto. Caso negativo, Reis quer saber a possibilidade de o programa beneficiar a cidade que conta com cerca de mil pescadores artesanais, segundo estimativa do Departamento de Pesca da Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura.



Fotos: Toque Toque Grande e Rio Boiçucanga
Crédito: Rosangela Falato

Reis pede melhorias de acesso na Reserva Indígena e ruas de Boracéia

   

     O acesso para a Reserva Indígena Ribeirão Silveira, onde estão localizados cinco aldeamentos da comunidade tupi-guarani, em área localizada em Boracéia, em São Sebastião, frequentemente fica prejudicado, principalmente em dias de fortes chuvas. A estrada de terra também é o único acesso para a escola da comunidade indígena e, em situação precária, acaba prejudicando o acesso de funcionários e estudantes.
Por essa razão, o vereador José Reis de Jesus Silva (PSB) solicitou à Prefeitura de São         Sebastião, por meio da indicação nº 847/2014, na sessão de terça-feira, 26, a possibilidade de a administração providenciar a passagem de máquina motoniveladora e efetuar manutenção constante no local como reivindicado pela comunidade e também visitantes.

     Em outra indicação, nº 848/2014, Reis voltou a solicitar a passagem de motoniveladora e manutenção geral em todas as ruas de Boracéia. “Trata-se de manutenção que deve ser constante, uma vez que as ruas, que não contam com asfalto, ficam com acessos prejudicados por buracos e muita lama, principalmente em dias de chuvas”, afirmou Reis em sua indicação. Ele explicou que a manutenção também tem sido uma reivindicação constante dos moradores e frequentadores de Boracéia.

 


Centro

      Já, na indicação nº 849/2014, Reis pediu reparo urgente na galeria da Rua Ipiranga, que voltou a ceder no acesso à Rua Auta Pinder, centro de São Sebastião. “Por várias vezes, esse acesso tem sido interrompido em função das tampas da galeria que cedem constantemente colocando em risco a passagem de pedestres, ciclistas e motoristas. Além do reparo, os moradores solicitam manutenção em toda a estrutura da Rua Ipiranga”, frisou o vereador em seu trabalho.

Fotos e Texto:Rosangela Falato
Foto Reis: Celso Moraes/CMSS

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Reis pede melhorias para Barra do Una e Canto do Mar

 

Serviços de manutenção, troca de lâmpadas e melhorias para atendimento aos moradores de Barra do Una, Costa Sul de São Sebastião, foram solicitados pelo vereador José Reis de Jesus Silva (PSB) em indicações encaminhadas ao Executivo e apresentadas em plenário na última sessão da Câmara Municipal.
Atendendo a ofício encaminhado pela Associação de Moradores de Barra do Una (AMBUSS) com várias demandas para o bairro, Reis encaminhou indicações solicitando providências ao Executivo para providenciar a substituição das lâmpadas queimadas ao longo da Rua Ozório, uma vez que o local está às escuras gerando insegurança aos moradores.
Outro pedido foi para que seja realizada limpeza da vala na Avenida Magno dos Passos Bittencourt, sentido praia da Juréia, em função do intenso movimento de pedestres na região. Segundo ofício da associação, quando chove o acesso fica intransitável e, muitas vezes, os trabalhadores são obrigados a passar pela praia para chegarem às suas casas.
Também foi apontada a necessidade de vistoria, melhorias e manutenção na ponte que liga a Fazenda Abras do Una, os núcleos QG e Vila dos Mineiros, ao centro de Barra do Una. Reis pediu, ainda, a intervenção da administração municipal junto à Sabesp visando fiscalização dos trabalhos da estatal nas ruas do bairro. Muitas delas estão esburacadas e com tampões de galerias em estado crítico, o que tem causado reclamações constantes e falta de segurança aos usuários.

Canto do Mar

Em outra indicação, o vereador Reis pediu ao Executivo a continuação das obras de calçamento da Avenida Boulevard, no Canto do Mar, Costa Norte de São Sebastião, para melhorar o acesso dos moradores à região.

Foto: Vereador Reis
Crédito: Celso Moraes/CMSS

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Reis parabeniza conquista da equipe Sub 20 do Projeto Só Lazer


A equipe de futebol Sub 20 do Projeto Social Só Lazer, da Vila Sahy, na Costa Sul de São Sebastião, obteve o segundo lugar no Campeonato Municipal da Liga de Futebol de Suzano na final realizada no último dia 16, em Suzano.

 O vereador José Reis de Jesus Silva (PSB) elogiou e parabenizou toda a equipe e responsáveis pelo projeto pelo resultado “incrível, pois participar do evento, sem as condições necessárias diante de equipes estruturadas, foi uma façanha e mostrou o talento dos nosso jovens”.

Ao usar a Tribuna da Câmara Municipal, na terça-feira, 19, Reis frisou que eles realizaram um sonho, pois a equipe chegou na final e foi vice-campeã perdendo apenas pelo placar de 1 x 0 marcado no finalzinho do jogo. “Eles foram vencedores, disputaram com equipes de nível, bem preparadas e chegaram lá, na final”. Outra notícia boa, segundo Reis, é que um dos atletas do projeto foi chamado para atuar na equipe de base da 2ª Divisão de Suzano.

 “Essa é a prova do trabalho sério e importante realizado pelo Projeto Social Só Lazer, da Vila Sahy, que reúne cerca de 150 jovens levando entretenimento, atividades, esportes, como o futebol, e imprimindo a necessidade da disciplina para obter bons resultados”. Reis agradeceu o apoio da Prefeitura, que forneceu o transporte para a participação da equipe no Campeonato Municipal de Suzano, e das secretarias envolvidas no apoio aos jovens. “Vocês são vencedores”.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Reis solicita atendimento de hidroterapia na Costa Sul

A ampliação do serviços de hidroterapia para as pessoas que necessitam desse tratamento já havia sido solicitada pelo vereador de São Sebastião, José Reis de Jesus Silva (PSB), em recente trabalho apresentado no Legislativo. Na ocasião, ele havia pedido estudos da administração municipal para viabilizar a utilização da piscina do Centro de Apoio Educacional (CAE) do Pontal da Cruz, na região central do município, para sessões de hidroterapia, uma vez que o local conta com infraestrutura adequada e já realiza sessões de hidroginástica para a comunidade.

            Já, para atender da melhor maneira possível os moradores da Costa Sul que contam com a estrutura somente no Centro de Reabilitação do bairro Topolândia, região central, o vereador solicitou, no requerimento nº 384/2014, empenho da Prefeitura no sentido de levar as sessões de hidroterapia também para a Costa Sul. O atendimento na região facilitaria o acesso de pacientes das mais diversificadas patologias e ainda de grupos da Terceira Idade que poderiam se beneficiar visando melhorar a qualidade de vida de todos os atendidos pelo tratamento.

Segundo Reis, devido ao problema de deslocamento, muitos pacientes que necessitam do tratamento acabam sendo prejudicados por não terem condições de ir até o Centro de Reabilitação pela distância e por não terem como de locomover por depender de condução. Depois da proposta de ampliação do tratamento, o vereador foi procurado por moradores dos bairros da Costa Sul que também reivindicam a possibilidade de contarem com o atendimento na região.

            Além de pedir estudos para instalação da hidroterapia na Costa Sul, Reis também pediu informações se já existe estudo em elaboração nesse sentido e local definido para a instalação das sessões aos pacientes. Caso não haja planejamento do serviço na região, o vereador quer saber o que pode ser feito para facilitar o acesso de pacientes da Costa Sul que enfrentam problemas de locomoção para serem atendidos.



terça-feira, 17 de junho de 2014

Pedido para nova escola em Juquehy



O vereador de São Sebastião, José Reis de Jesus Silva(PSB), intermediou reunião entre o prefeito Ernane Primazzi (PSC) e comissão de pais de alunos da Escola Municipal Professora Nair Ribeiro de Almeida, de Juquehy, representada pelo casal Simone Carvalho e Luiz Marcelo Carvalho, com a presença, também, de Roseli Marchioni, do Departamento de Planejamento da Secretaria de Educação da Prefeitura de São Sebastião. O prefeito recebeu abaixo-assinado contendo adesão de 600 moradores solicitando a construção de nova escola para o bairro e ainda reforma da atual unidade para atender a demanda que atualmente é de 1.138 alunos da 1ª a 9ª séries, incluindo Educação de Jovens e Adultos (EJA), conforme dado apresentado pela representante da Seduc.

O encontro aconteceu esta manhã, no gabinete do prefeito que informou já existir o projeto para construção de nova unidade que depende de a administração encontrar uma área para a realização do projeto. Luiz Marcelo sugeriu espaço na entrada do bairro que, de acordo com o morador, pode ser de responsabilidade do Estado. O vereador Reis se prontificou a verificar o registro da área mencionada. Caso seja propriedade do Estado, é possível negociação para viabilizar a construção de uma escola. Também foram apontadas necessidades de melhorias no prédio atual e discutidos outros temas relacionados ao atendimento à comunidade de Juquehy. 

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Vereador Reis solicita ampliação dos serviços de hidroterapia






Parlamentar sugere que tratamento possa ser realizado no CAE do Pontal da Cruz


Indicada para várias patologias e utilizada em nível mundial, a hidroterapia tem efeitos terapêuticos comprovados e cada vez mais é procurada para tratamento de pessoas de todas as idades. Devido à demanda e importância dos resultados para a melhoria da qualidade de vida das pessoas, o vereador de São Sebastião, José Reis de Jesus Silva (PSB), solicitou à administração municipal a possibilidade de ampliar o atendimento à comunidade. O vereador comentou no requerimento nº 358/2014, aprovado na sessão da última terça-feira, 10, o valor do trabalho que já vem sendo realizado pela equipe de profissionais da Prefeitura na reabilitação de pacientes, por meio da hidroterapia, atuando junto aos mais variados problemas de saúde.
O tratamento tem sido cada vez mais procurado por moradores que têm filhos ou parentes com deficiência física, idosos e pessoas, em geral, com problemas de mobilidade reduzida. Como nem todos têm condições de serem atendidos nas sessões realizadas no Centro de Reabilitação na Topolândia, região central da cidade, o vereador sugeriu a utilização dos equipamentos e estruturas disponíveis no Centro de Apoio Educacional (CAE) do Pontal da Cruz.
Reis explicou que uma forma de ampliar e facilitar o atendimento para pessoas que moram próximas à essa região e que não contam com condução para deslocamentos mais longos. O CAE do Pontal já tem uma piscina excelente onde são realizadas aulas de hidroginástica, inclusive para grupos da Terceira Idade que também, em alguns casos, necessitam de sessões de hidroterapia, frisou o vereador.

Valor terapêutico

Em seu trabalho, Reis comentou o grande valor terapêutico da hidroterapia com exercícios realizados em piscina semi-aquecida com a finalidade de prevenção e cura das mais variadas patologias e também em casos neurológicos e ainda na melhoria da qualidade de vida de idosos. Os efeitos terapêuticos do tratamento estão relacionados a alívio da dor e do espasmo muscular, relaxamento, manutenção ou aumento da amplitude de movimento, reeducação dos músculos paralisados, fortalecimento dos músculos (força e resistência), melhora das atividades funcionais da marcha, aumento da circulação, integração sensório-motora e no reforço do moral do paciente pelo convívio social, atividades recreacionais e liberdade de movimento.
Reis argumentou, ainda, em sua propositura, que a hidroterapia tem sido muito indicada inclusive sob o ponto de vista psicológico, “sendo um recurso fisioterapêutico cada vez mais utilizado até como meio efetivo e prático de reabilitação em pessoas com problemas neurológicos, disfunções cardio-pulmonares e quadros de reumatologia, geriatria, ortopedia, traumatologia e medicina  desportiva. Por todas essas razões, ele justificou a necessidade de ampliar o atendimento principalmente para facilitar o acesso das pessoas que residem mais longe do centro da cidade.

Os vereadores Ercílio de Souza (SD) e Marcos Fully(PP) apoiaram a iniciativa. Ercílio pediu para assinar o requerimento pela necessidade de ampliação do tratamento. Ele explicou que somente quem tem uma criança com deficiência sabe das dificuldades de locomoção, de conseguir tratamento adequado e o valor desse trabalho na reabilitação dos pacientes. Fuly citou, também, o Centro e Reabilitação da Costa Sul e  a importância de ampliar o atendimento com hidroterapia na região e também no Pontal, como sugerido pelo vereador Reis. 

terça-feira, 10 de junho de 2014

PSB de São Sebastião oficializa Diretório Municipal e acompanha decisões de esfera estadual


Fortalecer a legenda e trabalhar para conseguir eleger deputados estaduais e federais que representem o Litoral Paulista é um dos objetivos do Partido Socialista Brasileiro (PSB) de São Sebastião que realizou, no último sábado, 7, nas dependências do Legislativo, seu Congresso Municipal para definição do diretório e executiva em preparação para a convenções estadual do PSB, no próximo dia 20, e a nacional, que será realizada dia 28, em Brasília. Com a participação de 26 pessoas, foi eleita a composição do Diretório Municipal e da Executiva que manteve o ex-vereador Amilton Pacheco na presidência. Como vice-presidente, foi eleito o vereador Edivaldo Pereira Campos (Teimoso) e como secretário -geral, o parlamentar que está em seu segundo mandato pela legenda, José Reis de Jesus Silva, líder de votos no último pleito municipal (1.640), e que também é líder da bancada do PSB na Câmara Municipal.
O Congresso também aprovou a indicação dos nomes de Amilton Pacheco para possível disputa a uma vaga como deputado federal e a de apoio à Caio França a deputado estadual, ambos representando o PSB no Litoral Paulista. Também foi ratificado o apoio à decisão do Diretório Paulista do PSB que, em reunião dia 6 de junho, que votou, por unanimidade, indicação de apoio à pré-candidatura de Geraldo Alckmin ao Governo do Estado nas próximas eleições. Durante o Congresso Municipal também foi homologado o PSB Jovem de São Sebastião, representado pelo seu presidente, Bruno Siqueira. Segundo informaram Amilton, Teimoso e Reis, a realização do Congresso Municipal integra o processo de eleição da nova Executiva Municipal do PSB que acontecerá em novembro.
O presidente do PSB local, Amilton Pacheco, frisou a importância do partido que está em franco crescimento em nível nacional e a necessidade de elaboração de diretrizes e metas visando o fortalecimento da legenda em todos os âmbitos. Ele agradeceu o apoio a uma possível pré-candidatura a deputado federal aceitando, inclusive, pedido feito pelo presidente estadual do PSB, Márcio França, como explicou Amilton. Pela primeira vez integrando o Diretório Municipal, o vereador Teimoso ficou honrado com a vice-presidência e disse que, apesar do respeito a todos os partidos, o PSB é especial por sua luta na questão social por um Brasil mais justo. Em relação ao PSB caminhar no sentido de apoiar a pré-candidatura de Alckmin, afirmou que, “ em São Paulo, vamos andar juntos”, mas para a presidência, vai trabalhar para o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que transformou o Estado em uma grande economia referência no país, frisou Teimoso.
Líder da bancada e secretário-geral do PSB, o vereador José Reis considerou, assim como Teimoso, importante o lançamento dos nomes de Amilton e Caio França para pré-candidaturas a deputados federal e estadual .  Reis acompanhou os trabalhos do Diretório Paulista e explicou que a própria decisão de apoio ao PSDB é uma questão de lealdade, lembrando que Márcio França ocupou a pasta de secretário estadual de Turismo por quase dois anos, sendo substituído por Claudio Valverde, também do PSB.  Reis falou, ainda, da importância dos recursos destinados pelo Governo do Estado para obras no município, por meio de convênios com o Dade, órgão da Secretaria Estadual de Turismo, como o Complexo Turístico da Rua da Praia, o Terminal rodoviário e, recentemente, a liberação de pouco mais de R$ 7 milhões para serem investidos em projetos nas orlas do município, como a de Boiçucanga.
Reis frisou a importância da dobradinha Eduardo Campos e Marina Silva para fortalecimento do partido nas próximas eleições para a Presidência da República mostrando, ainda, a importância do PSB também em níveis municipal e estadual. “O PSB foi o partido que mais cresceu nas últimas eleições e está habilitado a disputar a presidência com a pré-candidatura de um dos governadores mais bem avaliados no país. Vamos continuar defendendo essa bandeira e o PSB”, frisou Reis.

Representante do PSDB na região, o ex-candidato a prefeito de São Sebastião pelo partido, Felipe Augusto, participou do Congresso Municipal do PSB e agradeceu a decisão de acompanhar o diretório paulista no sentido de apoio ao governador Geraldo Alckmin. Ele elogiou a atuação do PSB local, o trabalho de Amilton e a liderança dos vereadores Teimoso e Reis que representam o partido no Legislativo, comentando, ainda, o apoio do governo visando o desenvolvimento de São Sebastião. O Congresso Municipal foi encerrado ao meio-dia. Para o Diretório Municipal também foram eleitos Silvério Vieira de Lima(1º Secretário), Newton Pertusi ( 2º Secretário), Daniela Caldeira ( 1ª Secretária de Finanças), Emile Pacheco da Silva (2ª Secretária de Finanças), Rogério José dos Santos (Secretário de Organização), além do vereador Reis como líder da bancada.

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Reis pede estudos para recuperação da Avenida Mãe Bernarda e pavimentação da Rua Vitorino dos Santos, em Juquehy


Com a finalidade de proporcionar melhor acessibilidade para motoristas, pedestres, ciclistas e até mesmo para a eficiência do atendimento com transporte coletivo, o vereador de São Sebastião, José Reis de Jesus Silva (PSB) solicitou, ao Executivo,  estudos para realização de obras de recuperação dos bloquetes em toda a extensão da Avenida Mãe Bernarda, um dos principais acessos em Juquehy, Costa Sul de São Sebastião. A solicitação, que reitera proposituras já apresentadas pelo vereador na Casa, atende reivindicação de moradores e freqüentadores do bairro que reclamam dos problemas de acesso na referida avenida, local de grande movimento e concentração de lojas, redes hoteleira e gastronômica importantes do bairro.
No mesmo requerimento nº 334/2014, aprovado na sessão de terça-feira, 3 de junho, o vereador solicitou, ainda, a possibilidade de a administração municipal pavimentar a Rua Benedito Vitorino dos Santos, a exemplo do trabalho realizado em praticamente a totalidade do bairro beneficiando os moradores. Reis lembrou, em sua propositura, o empenho do atual governo com projetos de pavimentação ao longo de todo o município visando dotar a cidade de melhor infraestrutura básica. Daí sua solicitação para atender os moradores da Rua Benedito Vitorino dos Santos ainda não contemplados com o projeto de pavimentação realizado em São Sebastião por meio de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal.

Reis questionou a administração se há estudos para a pavimentação da referida rua e se ela está inserida nas próximas obras com verbas do PAC. Caso positivo, pediu informações sobre prazos para início dos trabalhos. Já, se a Rua Benedito Vitorino não constar do cronograma, o vereador quer saber se há estudos para beneficiar também os moradores dessa via pública. Já, em relação à Avenida Mãe Bernarda, o vereador tem sido questionado por munícipes, comerciantes, empresários e turistas sobre ações para melhorar o acesso no local. Por esse motivo, solicitou, ao Executivo, informações sobre possíveis projetos de recuperação dos bloquetes em toda a extensão da avenida ou se existem estudos para viabilizar o acesso no local, atendendo  reivindicação da comunidade e frequentadores de Juquehy.



Imagens da Rua Benedito Vitorino dos Santos (acima), ainda não contemplada com pavimentação no bairro, e Avenida Mãe Bernarda (abaixo), em Juquehy


Créditos: Divulgação

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Reis pede ao Estado visita do Memorial da Inclusão Itinerante em São Sebastião


Inaugurado em 2009 pela Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo, o “Memorial da Inclusão: Caminhos da Pessoa com Deficiência” proporciona aos visitantes amplo material sobre a história sócio-cultural e política do movimento de lutas das pessoas com deficiência. Em 2010, o Memorial passou a contar com duas versões itinerantes que já percorreram várias cidades e estados do País. Proporcionar aos moradores do Litoral Norte conhecer detalhes desse trabalho é a proposta do vereador de São Sebastião, José Reis de Jesus Silva (PSB). Em requerimento aprovado em plenário na sessão de terça-feira, 27 de maio, o parlamentar encaminhou à secretária estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência,  Linamara Rizzo Battistella, solicitação para ver a possibilidade de o município receber o Memorial da Inclusão Itinerante.
No requerimento nº 307/2014, o parlamentar argumentou a importância do projeto como referência às pessoas com deficiências na região do Litoral Norte e também aos profissionais que atuam no atendimento a deficientes na região. O vereador também pediu informações ao Estado sobre os procedimentos necessários para que o município possa receber o Memorial e se há necessidade de pedido oficial por parte da administração municipal.
As versões itinerantes do Memorial da Inclusão foram expostas em 43 cidades de São Paulo até 2012, além de locais como  aeroportos Internacional de Guarulhos e de Congonhas, Palácio dos Bandeirantes e Museu do Horto Florestal. As versões também  passaram pelo Museu de Arte de São Paulo (MASP), Colégio São Luis, Feira Reatech, unidades da Rede Lucy Montoro da Lapa e Morumbi, Faculdade Campos Sales, Tribunal Regional do Trabalho, Juizado Especial Federal, Ordem dos Advogados do Brasil e Palácio das Convenções do Anhembi durante a Feira + Fórum Reabilitação. O Memorial também esteve na Câmara dos Deputados, em Brasília, e passou por Curitiba, a convite da Universidade Livre para a Eficiência Humana e também foi conhecida em Uruguai, durante o Seminário Latinoamericano de Formación de Líderes Sociales com Discapacid.
Vale ressaltar que o Memorial Itinerante conta com painéis autoportantes e adesivados de ambos os lados e as versões possuem os mesmos temas da exposição permanente que contempla fotografias, documentos, manuscritos, áudios e vídeos. São 12 ambientes compostos por painéis com logotipia recortada e aplicada em alto relevo, assim como piso tátil e tubos sonoros que descrevem o conteúdo às pessoas com deficiência visual.
 No Memorial Permanente, um dos destaques é a Sala Preparatória dos Sentidos para que o visitante reflita sobre a importância dos sentidos como tato, visão, audição e olfato. Disponível em três idiomas, o site do memorial permite que pessoas com ou sem deficiências conheçam todo o acervo sem sair de casa. Por meio de uma plataforma 3D, os visitantes se sentem dentro do memorial e podem acessar textos e áudios nas versões em português, inglês e espanhol. Para visita virtual ao Memorial, é só acessar o site: www.memorialdainclusao.sp.gov.br.


domingo, 25 de maio de 2014

Reis pede cobertura em pontos de ônibus de Boiçucanga


 Atendimento é importante principalmente nos locais
 de maior concentração de usuários


      A preocupação em oferecer mais conforto, qualidade e segurança aos usuários do transporte coletivo nos pontos de ônibus espalhados ao longo do município de São Sebastião tem sido apontada pelo vereador José Reis de Jesus Silva (PSB) em seus trabalhos desde seu primeiro mandato no Legislativo. 
     A necessidade de cobertura nos abrigos já foi ressaltada no requerimento 663/2009 e estudos para padronização dos pontos de ônibus foram solicitados à Prefeitura no requerimento 56/2013. Em recente trabalho aprovado em plenário, no requerimento 275/2014, Reis voltou ao assunto.
     Desta vez, o vereador solicitou a instalação de cobertura nos pontos de ônibus do bairro, principalmente nos locais de maior concentração de usuários e próximos a agências bancárias, comércios, escolas e próprios públicos.
     Em sua propositura, ele explicou que tem sido procurado por moradores e usuários de transporte coletivo “que reclamam da falta de coberturas em várias paradas de ônibus de Boiçucanga, principalmente nos locais de maior movimentação como shoppings, farmácias, lotéricas, supermercados, entre outros locais”.


 

Ponto em frente ao Centro Educacional Raízes 

     O vereador Reis lembrou os demais trabalhos apresentados e explicou que, em relação ao pedido de estudo para padronização de abrigos, o objetivo era oferecer equipamento de melhor qualidade para atendimento aos moradores, usuários em geral e também aos turistas.      Em seu trabalho, explicou que a proposta visa evitar que as pessoas fiquem desprotegidas contra chuva ou sol como ocorre em vários abrigos da cidade. Ele apresentou, como exemplo, imagens de dois pontos em Boiçucanga, Costa Sul de São Sebastião, um em frente ao Shopping na avenida principal, a Walkir Vergani, local de grande movimento, e outro em frente ao Centro Educacional Raízes. 
     Reis também questionou a administração municipal se existe projeto em andamento para a criação da padronização dos pontos de ônibus na cidade, uma vez que a Prefeitura informou, no ano passado, que o assunto estava em estudo. Ele quer saber, ainda, quais ações estão sendo desenvolvidas nessa área e, caso contrário, o que impede investimentos nesses equipamentos.
    Para o vereador, também seria importante a manutenção geral em todos os pontos de ônibus, além da adoção de um sistema de abrigos com conforto, segurança e informações básicas para atendimento aos usuários.”Peço atenção do prefeito para solucionar um problema e evitar que as pessoas fiquem na chuva, no sol, sem qualquer proteção, enquanto esperam por condução”., disse Reis.



Ponto de ônibus em frente ao Shopping, na Walkir Vergani, em Boiçucanga

Foto Reis
Crédito: Celso Moraes/CMSS

Fotos abrigos
Crédito: Assessoria do vereador na Costa Sul